So You Think You Can Dance and bad make-up days

Posted on maio 31, 2010

1


So You Think You Can Dance

Como eu disse, os dois últimos dias não foram dos melhores em termos de maquiagem, porque eu simplesmente não consigo achar meus pincéis de sombra. Eu ainda sou bem iniciante no mundo da maquiagem, e só tenho um conjunto de pincéis (já comprei mais, mas ainda não chegaram), que nem são lá essas coisas, mas dão pro gasto, e eles evaporaram. Já procurei cada centímetro da casa e nada. Estou tendo que me contentar com dois pincéis horrendos e velhos. Então até que eu consiga pincéis decentes, nada de EOTD ou FOTDs.

Mas eu prefiro falar de coisas mais felizes, como por exemplo, So You Think You Can Dance! A sétima temporada acabou de começar e estou mega animada. Pra vocês que não conhecem o programa, é uma competição de dança que junta diferentes estilos, como ballet, sapateado, dança de salão, hip-hop e dança contemporânea. Nas últimas 6 temproadas, 20 dançarinos eram escolhidos, arranjados em pares, e dançavam em diferentes estilos a cada semana, até que sobravam apenas 4 e um deles era escolhido como vencedor. Mas essa temporada eles resolveram mudar tudo e adicionaram a idéia de “all stars” que seriam participantes das temporadas passadas. Então agora ao invés de um top 20 nós temos um top 10 (sendo a outra metade composta de all stars), o que deixa o programa ainda mais competitivo! Eles não só estão lutando por menos vagas mais ainda tem que competir com a popularidade de um participante já bem conhecido (e na maioria dos casos, amado) pelo público.

Mas ainda estamos na fase de audições e é disso que vou falar agora. Essas foram minhas audições favoritas:

Sarah Brinson – Se você sabe ao menos um pouquinho sobre dança com certeza já reparou que dançarinas altas e com um corpão não são tão comuns assim, mas toda vez que uma delas aparece eu quase automaticamente simpatizo com a menina. E dessa vez não foi diferente! Sarah dança lindamente e eu amei a coreografia do solo dela. Além disso ela pareceu ser uma fofa, o que sempre ajuda em um programa de tv.

Henry Byalikov and Giselle Peacock – Eu não sou das maiores fãs de dança de salão, mas com certeza seria se todas as apresentações que eu visse fossem tão maravilhosas como essa. Essa foi provavelmente a minha audição favorita do episódio (apesar de eu ter amado a do Teddy também), nem que seja pelo fator surpresa de ter gostado tanto de uma audição de dança de salão. Eles foram tão rápidos, sexy, e não ficaram fazendo aquelas caras bregas de dançarinos de salão. Espero que eles sejam bons em outros estilos também.

Teddy Tedholm – Teddy tentou entrar no programa na temporada passada e desde então venho assistindo alguns de seus vídeos no YouTube, então talvez eu seja um pouco parcial em relação a ele mais eu simplesmente A-MEI a audição.  Sim, até eu consigo ver que ele tem que melhorar algumas coisas (os saltos dele não são dos melhores, por exemplo) mas ele é ótimo nesse tipo de coreografia cheia de pequenos momentos e movimentos, e eu adoro esse estilo de contemporâneo. Além disso ele é o tipo de bailarino que consegue mostrar emoção e contar uma história com bastante facilidade, o que não acontece tanto quanto eu gostaria. E se foi ele que coreografou o próprio solo, tem tudo pra ser um excelente coreógrafo.

Megan Carter – Se a Sarah já é considerada “grande” pros padrões da dança imagina a Megan! Mas isso não fez com que ela deixasse de ser uma dançarina claramente esforçada e cheia de potencial. EU gostei bastante do solo dela, e foi uma pena ela não ter conseguido passar da coreografia, mas espero que ela treine mais e volte no ano que vem.

Tyrell Rolle – Tyrell pode parecer um dançarino de hip-hop (e não só por ser negro, é mais pelo estilo dele), mas na verdade ele dança contemporâneo e como dança! Achei Tyrell bem interessante pelo fato dele enfatizar tanto sua parte superior. A maioria dos bailarinos homens geralmente se foca nas pernas, nos saltos e tal, mas a coreografia de Tyrell era quase só braços. Bem que Nigel podia ter demorado um pouquinho mais pra parar a música, estava amando vê-lo dançar.

Henry Rivera – Sim o cara parecia uma pilha de nervos durante a entrevista, mas no momento em que pisou no palco aparentemente tudo desapareceu, foi uma surpresa e tanto! Um bailarino fabuloso, dançando uma coreografia interessante e Sonia quase tendo orgasmos a cada movimento. Não poderia pedir por mais nada!

Ami Aguiar – Como os jurados disseram, ela é bem atlética (viu o trapézio dela?) e ligeiramente agressiva, algo que eu gosto em dançarinas de contemporâneo. A maioria é bem “menininha” e adora aquelas coreografias líricas que me cansam rapidinho.  To torcendo pra que ela vá longe na competição.

Jose Ruiz – Jose além de ter um complexo de superioridade com certeza é um b-boy bem habilidoso, mas como dançarino completo, não chega nem perto do Legacy. Mas tenho que dizer que eu também não ia muito com a cara do Legacy até a última fase e Vegas então talvez Jose me surpreenda. Fora que se ele continuar dando uma de bonzão a Mia com certeza não vai deixar por menos, então não estou muito preocupada.

Esses foram meus favoritos e no geral me pareceu um ótimo começo para uma temporada maravilhosa. E você o que achou?

Posted in: Make-up, TV