New year, back to blogging!

Posted on janeiro 16, 2011

1


Looking into the new year

Jump to english

Voltei! Não que eu ache que alguém tenha sentido muita saudades desse blog que durou tão pouco tempo, mas enfim, resolvi voltar a blogar! Quanto tempo a vontade vai durar eu não sei, mas se Deus quiser esse ano eu vou até o fim com a vida bloguística.

Ainda estou de férias na faculdade e devo ficar até o início de março, mas não estou de férias no meu curso de cinema, e é disso que falarei hoje! Esse ano não foi dos melhores e se pudesse faria várias coisas de forma diferente, mas uma coisa boa que saiu das minhas mancadas foi o curso de Cinema que estou fazendo no Cinema Nosso.

O Cinema Nosso (antigo Nós do Cinema) é uma ong do Rio de Janeiro que promove educação na área cinematográfica para jovens entre 15 e 30 anos. Eles tem um curso regular (o que eu estou fazendo), várias oficinas, maratonas e um cine-clube que exibe longas e curtas toda semana. Tudo de graça! E não pense que por ser gratuito a coisa é feita de qualquer jeito, todos os professores são sérios e exigem a mesma seriedade da turma, afinal apesar de ser gratuito alguém investiu na gente, e temos que fazer valer o investimento!

O curso regular é divido em três módulos (básico, intermediário e avançado) cada um durando mais ou menos 4 meses. Eu estou fazendo o modulo básico, um módulo bastante generalista, que visa apresentar cada área da produção cinematográfica, pra que então a gente possa escolher qual gostamos mais. Tivemos aulas sobre roteiro, direção, fotografia, direção de arte, som, história do cinema, etc. O objetivo do módulo é produzir um curta metragem, com a participação de todos os alunos. Apesar de sermos divididos em departamentos (eu to na direção, com mais dois meninos) o processo é bem democrático, e todo mundo tem direito de participar de todas as etapas.

No momento estamos no final da pré-produção do curta, já escolhemos os atores, e no momento estamos fazendo teste de planos, fotografia, direção de arte, etc. Dá muito mais trabalho do que eu imaginava, mesmo para um curta mega curto (5 min) como o nosso, mas por enquanto tá valendo a pena. Nesses poucos meses aprendi mais sobre cinema do que na minha vida inteira, e o mais importante: conheci pessoas maravilhosas, que estão fazendo todo o trabalho muito mais divertido! Pra dar um gostinho, o trailer de um curta produzido pela escola:

E pra terminar o post, um update sobre o que tenho ouvido e visto, na tv e no cinema:

*

Tenho Visto (Cinema)

Never Let Me Go

Não Me Abandone Jamais / Never Let Me Go

Meu filme favorito do ano, fácil e um filme que qualquer apaixonado por cinema deveria assistir. O que se vê na tela é a perfeita fusão da história de Kazuo Ishiguro, com o roteiro maravilhosamente sutil de Alex Garland, a fotografia de tirar o fôlego de Adam Kimmel e a direção clássica de Mark Romanek. Isso sem contar com as performances de Carey Mulligan, Andrew Garfield e Keira Knightley. Quanto à história propriamente dita, quanto menos você souber, melhor, mas posso dizer que é um filme e de ficção científica, que parece com um filme de época e na verdade é um filme sobre amor e amizade. Pra quem não se importar de saber um pouco mais, assistam o trailer, que também é maravilhoso:

*

Tenho Visto (TV)

The Walking Dead

The Walking Dead

Eu sei que a temporada já terminou faz tempo, mas acabei de assisti-la agora. Só esse fato já mostra que não me empolguei tanto com a série quanto imaginava, mas no final até que acabei gostando. Talvez por não ser muito fã de zumbis, a série demorou pra “pegar no tranco” pra mim. A fotografia é maravilhosa, como em todas as séries da AMC, e os zumbis são mais bem feitos do que em muitos filmes, mas pra mim faltou algo na construção dos personagens. Não que eu odeio algum deles longe disso, mas também não amo, e a série toda acabou ficando no mais ou menos pra mim. Mas pretendo continuar assistindo, e espero que com uma segunda temporada maior eles tenham mais tempo pra aprofundar os personagens.

*

Tenho Ouvido

Never Let Me Go Soundtrack

Como eu disse, Never Let Me Go foi o filme do ano pra mim e após assistí-lo 2 vezes entrei em imersão total. Comecei a ouvir a trilha sonora sem parar e resolvi ler o livro, no qual o filme é baseado. Eu não costumo ouvir trilhas sonoras, ainda mais trilhas instrumentais, mas essa é muito bonita e servi perfeitamente como ambientação sonora enquanto eu lia o livro. Achei que depois que eu terminasse a leitura nem ouviria tanto, por ser instrumental, mas doce ilusão, o vício continuou e ainda não dá sinais de que vai embora tão cedo!

Bem gente, é isso, espero que eu consiga manter uma certa frequência de posts aqui no blog nesse ano. Ah, e também queria dizer que esse post foi em parte inspirado pelo fato do Paulo Fiaes, do My Craps, ter voltado a blogar também! Espero que nós dois sejamos mais constantes esse ano.

ps: eu sei que a foto no topo no post não é das melhores, mas é a mais recente que tenho de mim mesma.

—{—}—

I’m back! Not that I thought that anyone missed this blog, but I decided to brig it back anyway. I don’t know if this time my blogging will last but I sure hope so!

I’m still on vacation from college, and I’ll probably be free till march, but I’m still busy doing a film course and that’s the main topic of today’s post. This year was not amongst my best, but if there’s one good thing that came out of so much wrong, that thing was me starting to study film at Cinema Nosso.

Cinema Nosso (previously known as “Nós do Cinema”) is a NGO based on Rio de Janeiro that promotes film education amongst the youth. They have a regular course (the one I’m taking), workshops, and an cine-club that projects features and shorts every week. And all that for free! And don’t think that just because we don’t have to pay they are less serious about our education, the teachers are pretty good, and the work we do, pretty demanding. After all, someone invested in us, and I feel we have the responsibility to take the course seriously.

The regular course is divided in three modules (basic, intermediate, advanced), each one lasting about 4 months. I’m still on basic, where they use a  very generalized approach, teaching us about every film department, so we can pick the one we like best, and would like to develop in the next modules. We had classes about screenplay writing, directing, cinematography, art direction, sound, film history, etc. The main objective of the basic module is to produce a short, at end of it, with the students as the crew. The process is very democratic, and even though we are divided in departments (I’m co-directing with two boys), everyone gets to give their opinion in pretty much everything.

At the moment we are at the end of pre-production. We’ve already picked the actors, and right now we’re testing the cameras, photography, art direction, stuff like that. It’s a lot more work that I thought, even for a very short short (5min) like ours, but it’s still a lot of fun. In just a few months I have learned more about movies than in my entire life, and the most important: I’ve met the most amazing, funny, intelligent people that make the giant amount of work a lot easier. Here’s the trailer of a short produced by the school. I’m sorry that it doesn’t have subtitles:

And to finish things up, an update on what I’ve been listening and watching on the big and small screen:

*

I’ve been watching (Movies)

Never Let Me Go

Não Me Abandone Jamais / Never Let Me Go

My favorite movie of the year, hands down, and something every movie lover should watch. What you see on the screen is a perfect fusion between Kazuo Ishiguro’s beautiful story, the amazingly subtle screenplay by Alex Garland, Adam Kimmel’s breathtaking cinematography and the classic direction by Mark Romanek. And of course the extremely nuanced performances by Carey Mulligan, Andrew Garfield and Keira Knightley. As forthe plot, it’s the less you know, the better, but I can tell you that it is a sci-fi movie, that looks like an period piece, but it is really an film about love and friendship, and how those lines are sometimes very blurred. And for those of you that just HAVE to know more, here’s the trailer:

*

I’ve been watching (TV)

The Walking Dead

The Walking Dead

I know the season ended a long time ago, but I’ve only got around to finish watching it yesterday. And that pretty much reflects my lack of excitement with this show. It’s not that I hate it, but I don’t love it either and I certainly don’t think it deserves the awards it has been nominated to. Maybe it’s because I’m not a fan of zombies, in particular, but the show really took a while to hook me, and I think the problem lies with the characters. The cinematography is gorgeous, like in every AMC series, and the zombies look better than in a lot of movies, but the characters are very flat and bland to me. I will continue to watch tough, and I hope that next season, with the extra episodes, they really find the time to dig into those people.

*

I’ve been listening to

Never Let Me Go Soundtrack

Like I said, Never Let Me Go was the movie of the year and after watching it twice I went into full immersion mode, and started listening to the soundtrack, while I read the book, in which the movie was based. I don’t listen to soundtracks very often, specially when they are instrumental, but this one is so beautiful and was such the perfect thing to listen while reading the book that I could not resist. I even thought the love story would end when I finished the book, but our relationship is still pretty strong!

Well, this is it people, and I hope I can keep posting regularly this year. Oh, I would also like to mention that this post was partly inspired by the fact that my friend Paulo Fiaes from My Craps is also blogging again. I hope we are both more consistent this year.

ps: I know the photo at the top of the post is not very good, but it’s the3 most recent one I have.

Posted in: Egotrip, Film, Music, TV