sobre o cansaço

Posted on maio 4, 2011

1


ESDI - Escola Superior de Desenho Industrial

Esse é um post que provavelmente nunca será publicado, mas tava afim de escrever, so whatever… Estou aqui para falar do cansaço. Neste momento estou na minha pseudo aula de fotografia, quase dormindo sentada, porque ontem fiquei acordada até tarde por causa de um trabalho que eu já tinha levantado cedo pra fazer. E hoje, além de continuar fazendo o maldito trabalho (que ao menos o professor teve o bom senso de estender o prazo) eu ainda tenho um grupo de estudos pra ir hoje a noite. Eu te pergunto, isso é vida?

Por um lado eu entendo, faculdade é assim mesmo, aulas intermináveis e trabalhos em profusão, mas e quanto ao resto da nossa vida? E os tantos momentos que passamos (ou sou só eu?) lendo notícias inúteis, fazendo coisas que gastam nosso tempo, nos deixam cansados, sem nenhum retorno? Porque nós (ou eu, sei lá) procrastinamos tanto? Porque eu não consigo sentar e simplesmente fazer algo, sem parar pra olhar o facebook, o gmail, se alguém deixou um comentário no meu blog………

Eu as vezes me pergunto se poderia ser diferente, se eu conseguiria viver de um modo menos cansativo, mas honestamente, eu não sei como. Porque depois que nos acostumamos a sempre estar fazendo alguma coisa (por que essa tal coisa não tenha utilidade alguma), depois que passamos a viver eternamente “ocupados” o caminho parece irreversível. Como é difícil não fazer nada, dá um vazio, uma agonia, sei lá.

Ao mesmo tempo como é difícil fazer ALGO! Outro dia estava olhando meus antigos arquivos no pc e fiquei surpresa com a quantidade de templates de blogs que eu fazia quando tinha 13, 14 anos de idade. Porque hoje em dia tudo é complicado, tudo tem que ser perfeito, e até o que um dia eu já achei divertido se torna fonte de tensão? Porque tanta tensão?

Eu sei que fiz muitas perguntas, e é óbvio que me faltam as respostas, e talvez eu tenha assustado alguns com o tom mais pessoal do post mas isso aqui é o MEU blog oras, e praticamente ninguém lê isso aqui mesmo, então já passou da hora disso aqui ter a minha cara. A minha cara, exausta.

Posted in: Egotrip